Um ano sem o Alex

Hoje (15) faz um ano que o Alex Cardoso nos deixou.

Faz um ano que recebi uma ligação informando que o ex-estagiário da Folha, ex-estagiário do Unitoledo, estudante de Jornalismo que seria meu aluno neste ano tinha partido e deixado um monte de amigos e fãs.

Uma parada cardiorrespiratória aos 19 anos... Um futuro enorme e promissor pela frente. Ninguém acredita até hoje....

Neste ano, ao dar aula de HTML para meus alunos, lembrei-me que seria a parte mais esperada por ele, porque adorava internet e seus códigos. Com certeza, me ajudaria muito nas explicações.

Além de aluno de Jornalismo, o Alex era blogueiro. E seu blog continua no ar até hoje, como um santuário virtual que volta-e-meia recebe mensagens de amigos saudosos.

Em seu último post, chamado "Esperança", ele finaliza seu texto assim:

"Enquanto houver gente sã, haverá esperança. Enquanto houver gente feliz, haverá esperança. Enquanto houver gente amando, haverá esperança. Enquanto houver gente sorrindo, haverá esperança."

Lá no blog, que já teve 2.658 acessos, existem 58 mensagens, como se fossem velas em sua homenagem. Se você era amigo dele também, dá uma passada lá. Pessoas como o Alex, a gente não pode esquecer.

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.