'Meu sangue ferve por um careca'

Post atualizado às 11h41 de 17/04/2009

O título deste post reproduz título do texto da jornalista Ana Lúcia Prôa, autora do blog De vento em... Prôa! E é claro que adorei, afinal não é todo dia que alguém, do sexo feminino, diz que seu sangue ferve por um careca.

Na Redação da Folha da Região, somos quatro, como você pode ver na foto abaixo, registrada pela Eloisa Morales: Xandão Souza, eu, Gustavo Fialho (que descobriu o post da Ana Lúcia e me mostrou correndo) e o Marquinhos Elia.


Confira, abaixo, a íntegra do texto:

Nunca diga dessa água não beberei... E isso posso garantir, com grande conhecimento de causa, a qualquer mulher que ousar dizer que os carecas jamais serão merecedores de seus olhares apaixonados. Tá certo que, no clima de azaração, os olhos da mulherada tendem sempre a pender pro lado de um cabeludo do que de um careca. Mas, se você se permitir conhecer um, cuidado: o cupido pode te flechar.

Passei minha adolescência e início da fase adulta achando todo e qualquer careca um ser desprezível, de outro planeta. Pra mim, coitados, aqueles homens deviam ter um carma muito pesado para terem perdido seus fios tão cedo... Até que, aos 23 anos, conheci o Rômulo. Um cara malhado, gostoso... e com cabelos abaixo do pescoço. Nossa, ele me causou um outro efeito aversivo que sempre tive: falta de tesão por homens de cabelos compridos (e também por homens de terno e de farda, mas esse tema fica pra outro post...). Alguns meses depois, surpresa! Esse (então) amigo passou máquina 1 nos fios. Foi amor à segunda vista! Se Sansão perdeu a força quando Dalila cortou seus cabelos, o efeito contrário aconteceu comigo... Rômulo ganhou força e um lugar no meu coração. O qual ocupa há 15 anos...

A partir de então, tudo mudou no meu faro feminino. Descobri um novo universo de masculinidade que não passava necessariamente por uma vasta cabeleira. Bruce Willis foi o primeiro... Gente, o que era (e ainda é) aquele homem????? Adorava vê-lo em todo e qualquer filme, sobretudo naqueles em que ele aparecia sem roupa. Era duro de olhar... 1, 2, 3, 4...

Depois veio aquela moda dos que estão começando a perder os fios aderirem à gilete. Nossa, nunca fui tão grata assim a um modismo... O que é Marcello Antony de cabeça raspada? E Malvino Salvador? Uiiiiiiiiiiiiii!!!! Alguém tem um leque aí pra me abanar? Há também os gatos que estão começando a perder os fios, mas não perdem a formosura. Bons exemplos são Nicolas Cage e Jude Law. Continuando por Hollywood, Sean Connery é um exemplo de coroa charmoso. Mas esse, sei não... Andou aparecendo com implante em seus últimos filmes, mostrando que nem ele é chegado num careca. Preconceito puro!

Passando pro esporte, o fato é que, no Brasil, a maioria dos jogadores de futebol carecas são feios pra chuchu. Melhor nem dar nome aos bois, pra evitar qualquer processo de calúnia e difamação contra mim. Na natação, porém, temos um espécime raro: o Xuxa. Gatinho com ‘g’ maiúsculo. Partindo pro futebol internacional, o deus David Beckham já andou raspando os cabelos, embora não seja exatamente um careca. Deu prova de que é bonito de qualquer jeito. E tem um francês... um carequinha chamado Zidane... Ah, esse que se dane!

Para terminar minha singela listagem, vou falar de um amigo, grande blogueiro (http://mordeeassopra.blogspot.com) que, em seu último post, homenageou as gordinhas (categoria em que me encaixo) e, por isso, está tendo minha homenagem em retorno. Fernando Freire Jr., meu brother, é um ótimo representante da categoria ‘carecas cheios de charme’.

E se você ainda não se convenceu de que há muita graça e beleza entre aqueles que vivem bem com suas cabeças brilhantes, tenho mais um argumento. Já reparou que a maioria dos homens que começam a perder os fios correm pra academia? Como lei da compensação, enchem o corpo de músculos e aí, caramba, quem vai querer saber de olhar para a cabeça deles? Quem se importa com a falta de algo em cima, se o restante é pura ‘dilícia’? Eu não me importo. E é por isso que digo: quem tem seu careca gostoso em casa, agarre-o bem! Depois desse post, acho que vai ter muita mulher à solta por aí em busca de um careca pra chamar de seu.

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.