Sem aperitivo...

Enviado pela Gigia Ábrego
Eu estava andando pela rua quando fui abordada por uma mulher sem-teto, muito suja e maltrapilha, que me pediu um pouco de dinheiro para comer. Peguei minha carteira, tirei uma nota de 50 reais e perguntei:

- Se eu lhe der este dinheiro, você vai gastá-lo comprando bebida ao invés de comida?

- Não, eu parei de beber há muitos anos, disse-me a mulher.

- Você vai usá-lo para fazer compras ao invés de comprar comida?

- Não, eu não perco tempo com compras. Eu preciso de todo o meu tempo para me manter viva.

- Você vai gastá-lo num salão de beleza, ao invés de alimentar-se?

- Você está maluca. Eu não tive um corte de cabelos nesses últimos 20 anos!

- Bem. Não vou dar-lhe este dinheiro. Em troca, estou convidando-a para sair para jantar comigo e com meu marido esta noite.

A mulher ficou chocada.

- Seu marido não vai ficar furioso se você fizer isto? Eu estou muito suja e cheirando muito mal.

Eu respondi:

- Não se preocupe, está tudo bem. É importante que ele veja como fica uma mulher quando não pode mais fazer compras, ter hora marcada com o cabeleireiro e tomar um bom vinho!

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).