Perdi minha vida virtual, mas recuperei

Passei por uma experiência terrível nessa semana. Meu HD externo, que uso como backup de minha vida virtual (fotos, vídeos, textos, arquivos dos meus blogs, etc) parou de funcionar de repente. E o Windows me enviou uma mensagem monstruosa: é preciso formatar!

Como formatar? E meus arquivos??

Por causa desses problemas com DVDs é que eu havia adotado o HD externo da foto ao lado. E voltei a ter problemas.

Levei ao técnico e nada. A solução foi encontrada por meu amigo Omar Gabriel. Formatar e depois usar um programa chamado "Recuva" para recuperar tudo.

Respirei fundo e entreguei o HD para ele, que formatou e me chamou pouco depois. Havia funcionado. Não acreditei. Mas deu certo.

Consegui recuperar tudo - pelo menos não dei falta de nada até agora. O problema é apenas a falta de pastas. Ele ressuscitou apenas arquivos e não as pastas organizadas. Coisa banal perto de fotos, vídeos e trabalhos que fazem parte da sua vida.

COMO RECUPERAR
Meu HD teve problemas com o Windows e não físico. Pelo que percebi até agora, ele funciona normalmente, não houve dano em peça. Assim, a recuperação foi possível.

Se isso acontecer com você, o primeiro passo, depois de chorar, arrancar os cabelos e xingar toda uma geração do sistema operacional da Microsoft, é ver se é possível formatar. O próprio Windows faz isso.

Se deu certo a formatação, o sistema volta a encontrar o HD quando você o conecta na porta USB. Não grave nada nele antes de usar o "Recuva".


Após instalar o programa, que vem em português, configure o assistente para que busque todos os arquivo. Deixe o resto com ele e tenha paciência. Dependendo do tamanho do HD e da velocidade de sua máquina, pode demorar muito, muito mesmo.

Quando ele terminar, vai mostrar uma lista de arquivos que podem ser recuperados. Selecione o local onde quer gravar - use o HD do seu computador e não grave nada ainda no equipamento externo.

Quando recuperar tudo, formate de novo seu disco rígido problemático. Não use a formatação rápida. Deixe ele formatar de forma lenta, o que demora muito também.

Depois disso, pode voltar a usá-lo. O meu continuou a funcionar... até agora...

MORAL DA HISTÓRIA
Consegui voltar a usar meu HD externo. Mas agora estou gravando meus arquivos outra vez em DVD por garantia. Vou adotar um backup pelo menos semanal.

O que aprendi? Tenha um disco rígido para transportar arquivos grandes, mas nunca confie nele totalmente. Eu já usava o equipamento porque não confio no HD do meu próprio computador. Agora, meu índice de desconfiança virtual é total.

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.