Uma quadrilha de jornalistas


Revirando meu baú digital, encontrei uma raridade. É uma festa junina realizada em 2004 pela primeira turma de Jornalismo do Unitoledo (Centro Universitário Toledo) de Araçatuba.

E como toda festa junina que se preze, há uma quadrilha. As cenas do vídeo abaixo ficaram engraçadas. A Suélen Giron foi a noiva. O padre era o Carlos Alberto Tilim.

Minha amiga Mônica Guglielmi fez o papel da moça que havia sido vítima do noivo, dizendo que tinha quatro filhos do sujeito... rs rs E a Celinha Villela, como caipirinha, concordava com tudo.

As imagens mostram outros amigos do tempo da faculdade e até uma das melhores professoras que já tive: a impagável Vera Cepeda, que também dançou na quadrilha.


O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).