Um refém da Telefônica

Depois de quatro dias sem internet, este blogueiro está de volta. E não foi nenhuma promessa ou jejum espontâneo do mundo virtual. A culpa, para variar, é da Telefônica.

Tudo começou com um reparo de fios na minha rua. Imediatamente fiquei sem telefone e internet.

Eu, na mais pura ingenuidade, cheguei a acreditar que seria alguma melhoria. Quatro dias depois, sem conseguir atualizar minha vida digital, descobri - na verdade, já sabia - que essa empresa sabe apenas tentar incluir mais e mais clientes em seu rol de sofredores sem se preocupar em atualizar sua rede.

Coitados dos técnicos que trabalham fazendo reparos. Por mais boa vontade - alguns com má vontade também - que tenham, não dão conta de tanto problema com o Speedy.

Voltei a navegar, finalmente. Até que a conexão está boa. Por enquanto... Mas para isso foram precisos vários telefonemas, choros, testes, troca de modem, etc. Até que repararam o bendito cabo de vez e, milagrosamente, tudo voltou ao normal. Putz!!

Não consigo aumentar minha velocidade de conexão porque os cabos até minha casa são antigo. Pior é que muitos bairros de Araçatuba, inclusive perto do meu, não conseguem ao menos ter 256 de velocidade... São obrigados a enfrentar a conexão discada.

E pior ainda: sou refém desta empresa, afinal a Net passa longe daqui e também não pensa em ampliar a rede. Enquanto isso, vamos sofrendo com o que temos... É a vida... virtual...

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).