Os buracos de Araçatuba e seus muitos donos

Buracos na esquina de casa: quase não dá para ver o asfalto
Quando cheguei a Araçatuba, em 1990, a cidade tinha o apelido de "Capital do Asfalto", tamanha a quantidade de ruas beneficiadas. Era a primeira administração da prefeita Germínia Venturolli e havia a Prodear (Progresso de Araçatuba), empresa responsável pelo asfaltamento.

Com o tempo, o asfalto tão alardeado foi esfarelando. Servicinho muito ruim. E a Prodear foi extinta, deixando várias dívidas. Críticas não faltaram nos jornais.

Resumindo: desde que moro em Araçatuba há problemas com buracos no asfalto. E vários prefeitos assumiram, inclusive a própria professora Germínia pela segunda vez, e o transtorno continua até hoje.

Cada prefeito que assume promete resolver na campanha, do mesmo jeito que muitos prometeram dar um jeito no Hospital Modelo, o elefante branco de nossa cidade. Promessas, promessas, promessas...

Toda cidade precisa de infraestrutura básica, saúde, segurança, cultura, proteção ao meio ambiente, entre outras. Mas quando falta uma dessas infraestruturas básicas, não há como impedir críticas. É o que acontece com o asfalto. Todo mundo sofre.

O atual prefeito, Cido Sério, também fez suas promessas de campanha. Lembro-me, por exemplo, das tais subprefeituras que ajudariam a melhorar nossa cidade. E mais uma vez foram apenas promessas...

Cido e seu vice, Carlos Hernandes, sabiam que os buracos eram um transtorno para a população e mesmo assim pouco ou nada fizeram até agora. Sei que um administrador precisa ter uma visão macro sobre a cidade, tentando resolver tudo com o que consegue arrecadar de dinheiro. Mas se os buracos são um transtorno tão grande assim, não entendo o motivo de não focar nisso.

Os buracos são temas discutidos aos montes no Facebook. Não há quem não critique a atual administração na rede social mais famosa do Planeta. Qualquer foto ou comentário é motivo para manifestações, um prato cheio para a oposição do petista. A foto que ilustra este post, por exemplo, recebeu mais de 70 comentários em minha conta no Face.

Então, se é que adianta alguma coisa, peço também ao Cido e ao Hernandes que busquem focar uma solução, ao menos paliativa, para os buracos de Araçatuba. É impossível acreditar que o caminho da casa deles para a Prefeitura seja um mar de rosas. O nosso, pelo menos, é um pesadelo dos infernos.

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.