Eu comi uma araçá

Claudinho mostra o araçá, uma 'goiabinha'
Sempre ouvi falar do araçá, fruta parecida com uma pequena goiaba que acabou batizando a cidade onde moro há tantos anos: Araçatuba. Na linguagem dos índios caingangues, primeiros moradores desta parte do Estado de São Paulo, Araçatuba significa algo como terra de muito araçá.

Como diz o poeta Zeca Pagodinho, "Nunca vi, nem comi. Eu só ouço falar...". Aliás, há um pé de araçá na frente da Prefeitura, mas nunca tinha visto a fruta pessoalmente.

E qual não foi minha surpresa quando meu amigo Cláudio Henrique surgiu com um saco plástico cheio da "goiabinha". É claro que os amigos logo correram para experimentar, inclusive eu.

O gosto é mesmo semelhante à goiaba, mas não gostei muito, não. Parece um maracujá pequeno, cheio de semente dentro. Fiquei apenas no primeiro, mas não poderia deixar de registrar aqui no blog. Agora, eu vi e comi!

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).