Usuários do Facebook rejeitam candidatos


Em todas as eleições, os eleitores são obrigados a conviver com as invencionices dos candidatos. São carros de som com músicas ridículas, santinhos emporcalhando ruas e quintais, pessoas com bandeiras em esquinas ou tocando a campainha da sua casa para incomodá-lo e tentar convencê-lo que tal pessoa é digna do seu voto.

Neste ano, com a popularização das redes sociais, principalmente do Facebook, os candidatos acharam que poderiam também emporcalhar o mural dos internautas com seus santinhos virtuais e promessas. Deram com os burros n'água!

Há uma campanha na maior rede social do Planeta contra políticos. A maioria esmagadora não quer saber de falsas promessas e de adicionar desconhecidos que surgem com um número na foto. Fora com eles!

É claro que os cabos eleitorais tentam ajudá-los, como se fosse eleitores normais. Ficam divulgando os santinhos e fazendo campanha para que as pessoas possam "discutir política" no Facebook e não acabar com amizades por causa disso.

Pura balela! Nunca vi qualquer discussão sadia sobre política na rede social. O que existe é um cabo eleitoral puxando brasa para sua sardinha e atacando o adversário. Se não for seu candidato, não presta.

Nunca, nunca mesmo é saudável discutir política no Facebook. Sempre, sempre mesmo acaba em briga. E não adianta vir dizer o contrário porque é um fato.

Assim como a maioria dos meus amigos virtuais, desfaço a amizade no Facebook com pessoas que insistem em ficar divulgando candidato. Quero um mural limpo de falsidade política. Já basta o que somos obrigados a ver no mundo real.


Então, como o candidato pode usar o Face em sua campanha? Simples! Em vez de santinhos, publique fotos com pessoas que o apoiam. Use a criatividade. Converse com possíveis eleitores na área de mensagem. Faça um corpo a corpo virtual.

E mais uma coisa: não venha publicar fotos de comício com um monte de gente balançando bandeira de partido. Todo mundo sabe que isso é pura enganação, que as pessoas normais não ficam perdendo tempo com esse tipo de evento ultrapassado, cheio de cabos eleitorais pagos para aplaudir, fazer volume e barulho. Os verdadeiros eleitores querem distância disso!

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).