Eleições: cuidado com 'lobos em pele de cordeiro' nas redes sociais


Quando as eleições se aproximam, as redes sociais se enchem de “salvadores”, de “fiscalizadores do poder público”, de pessoas que sabem apenas reclamar, atacar, desacatar, mas sem nunca ter movido uma palha para ajudar o próximo ou mesmo dar uma sugestão a quem está no poder. Fique atento para não cair em sua lábia!

Esses "lobos em pele de cordeiro" sempre são motivados por algumas coisas básicas:

- queriam cargos públicos e, como não tiveram capacidade para isso, decidiram atacar, se fazendo de “desapontados” ou coisa assim;
- ocuparam cargos públicos, mas não tiveram capacidade de fazer um bom trabalho e foram dispensados. Para se vingar, atacam quem um dia defenderam (algo muito comum);
- são financiados por alguém que também tem pretensões políticas e quer criar fatos para aparecer;
- ou simplesmente acham que conquistam votos no grito, dando uma de baderneiro para achincalhar qualquer político com mandato. Há um monte de gente que adora isso e aplaude no Facebook.

As redes sociais são um “poço dos desejos” para esses malandros e malandras. Como uma boa parte da população não gosta de política, é facilmente manipulada por eles, achando que esbravejando vão defendê-los em um parlamento. Pode apostar que, se conseguirem algum mandato, não farão melhor.

Entre esses “salvadores” que fazem plantão em redes sociais, raramente existe gente de bem, que quer mesmo lutar pelas pessoas. São muito poucos, que acabam atropelados por esses carniceiros.

Se você pretende ser candidato, é preciso algo primordial: saber como funciona o sistema, entender a política. Não adianta prometer e não ter como cumprir. Dizer, por exemplo, que vai asfaltar uma rua se for eleito vereador é lorota. Nenhum parlamentar tem esse poder, apenas o Executivo. E quando tem dinheiro sobrando no orçamento - o que é raro - ou consegue alguma verba com ajuda de deputado ou é beneficiado com algum programa...

Esses “salvadores” que disparam para todos os lados, colocando políticos em um mesmo balaio e achando que podem desacatar todo mundo em nome da “liberdade de expressão”, sempre se fazem de vítima quando processados e perdem. Aí viram trabalhadores que precisam sustentar seus filhos e não têm como pagar indenização. Se acham muito machos na hora de atacar, mas não aguentam as consequências quando são punidos, apelando para a raiva que a população tem da política, em busca de apoio.

Para não cair na lábia desses “salvadores”, há apenas uma solução: acompanhe a política de sua cidade. Use as próprias redes sociais para ver o que seu prefeito e vereadores fazem; visite seus gabinetes, pois eles têm obrigação de atender a população. Enfim, informe-se a respeito.

Quem não acompanha a política é facilmente manipulado por "lobos em pele de cordeiro", principalmente aqueles que têm dinheiro para bancar “salvadores”. Não seja massa de manobra!

SOBRE O AUTOR

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.


RECEBA ATUALIZAÇÕES DO BLOG PELO FACEBOOK:





DEIXE SEU COMENTÁRIO: