Poupatempo, serviço de primeiro mundo

Tirando foto e colhendo as digitais: agilidade gritante
Nunca fui tão bem tratado em um serviço público como no Poupatempo de Araçatuba. Achei incrível, senti como se estivesse em uma empresa do primeiro mundo.

O prédio é muito moderno. Há estacionamento e a porta de entrada abre automaticamente quando você se aproxima. Logo um funcionário vem ao seu encontro para saber o que precisa.

No meu caso, fui renovar a carteira de habilitação. Pelos meios tradicionais, no despachante, demora pelo menos uma semana. No Poupatempo, horas.

Tudo é feito dentro do próprio prédio. Você tira xerox de documentação ali mesmo.

Depois, vai a um computador para fazer o pedido pela internet. Sai dali e já é direcionado para um funcionário também muito atencioso, que vai cuidar de uma parte da burocracia.

Logo depois, aguarda ser chamado para tirar a foto 3x4 do documento, que é digital. As digitais são captadas também por computador, não precisa mais sujar os dedos com tinta preta.

Depois, você é atendido por um médico e faz os exames em uma sala. Se aprovado, paga pelo serviço em uma agência bancária lá mesmo.

Se fizer tudo de manhã, no fim da tarde já está com o documento nas mãos. Fiquei assustado com tamanha competência em um serviço público do meu país!

Se quiser saber mais sobre os serviços oferecidos, visite o site oficial.

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista com especialização em Comunicação Social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).