Michael canta para o traste do pai

É muito difícil até hoje entender o que se passava na cabeça de Michael Jackson. Mas uma coisa é certa: as surras que levou daquele traste que chamava de pai, o pançudo de brinquinho do Joe Jackson, tiveram muita coisa a ver.

Então, a decisão acertada do cantor de não deixar um tostão para aquele sujeito asqueroso em seu testamento, virou charge. Nela, Joe é chamado de "Bad". E com razão!

O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.