Os inesquecíveis filmes com Robin Williams


Em uma manhã qualquer, vi uma imagem de Robin Williams na internet e tive a ideia de mostrar alguns trechos de seus filmes ao meu filho adolescente. A primeira delas era a de meu predileto: "Amor Além da Vida". Williams contracena com Cuba Gooding Jr. e nos faz chorar. "Não há outro homem com quem eu iria ao inferno", afirma em um dos trechos. Quem conhece o longa, vai entender o motivo de tanta emoção.

Vi meu menino chorar comigo. E nos abraçamos também em meio às lágrimas. Na sequência, mostrei a ele a cena de "Patch Adams - O Amor é Contagioso" em que Williams tenta convencer um paciente internado com ele no mesmo quarto de uma clínica a ir ao banheiro, aceitando suas neuras. Rimos muito, muito mesmo.

Robin Williams era assim. Nos fazia rir e chorar com tanta intensidade quanto suas memoráveis interpretações. Sua morte, em 11/08/2014, aos 63 anos, vai deixar uma lacuna enorme no cinema. Vai faltar aquele homem que nos contagiava com seu grande sorriso, que nos emocionava com personagens incríveis... Uma perda irreparável, uma batalha vencida pela depressão...

Em sua homenagem, reuni neste texto seus filmes principais, a maioria deles inesquecível. Uma boa parte está disponível para assistir no Netflix, a TV do futuro.

Já escrevi aqui em duas oportunidades sobre seus trabalhos. Em 'Isto não sou eu', falo sobre "Tempo de Despertar", uma de suas grandes obras. E o ator também está na minha lista de 'Dez filmes emocionantes e inesquecíveis'.

Antes de concluir este post, voltei a chamar meu menino para rever nossa cena predileta de "Amor Além da Vida", que fala do relacionamento do protagonista com seu filho, mesmo após a morte. Mais uma vez, em sua homenagem, choramos juntos e nos abraçamos. É... Robin Williams fazia isso com a gente...

 JUMANJI (1995) 
O jovem Alan Parrish ( Robin Williams) descobre um misterioso jogo que magicamente o transporta para as selvas de Jumanji até que duas crianças, uma delas a atriz Kirsten Dunst, o libertam do poderoso feitiço do jogo. Longa cheio de efeitos especiais e muito divertido.

Assista no Netflix


 A GAIOLA DAS LOUCAS (1996) 
Armand (Robin Williams), dono de um "drag nightclub", e Albert são um casal gay e decidem agir como uma família normal. A confusão começa quando o filho de Armand anuncia sua intenção de casar com a filha de um senador tradicionalista (Gene Hackman).

Assista no Netflix

 HOOK - A VOLTA DO CAPITÃO GANCHO (1991) 
Peter Pan (Robin Williams), o garoto que não quer crescer, acaba crescendo, mas o vingativo Capitão Gancho (Dustin Hoffman) rapta os filhos de Peter, fazendo com que ele volte à Terra do Nunca. Detalhe para a fada Sininho, interpretada por Julia Roberts.

Assista no Netflix

 INSÔNIA (2002) 
Enviado para investigar o assassinato de uma adolescente em uma cidade do Alasca, um detetive (Al Pacino) acidentalmente atira em seu parceiro enquanto tenta capturar um suspeito. Robim Williams interpreta o vilão. O filme ainda conta com a ótima Hilary Swank.

Assista no Netflix

 GÊNIO INDOMÁVEL (1997) 
Quando professores descobrem que um simples servente (Matt Damon) é um gênio da matemática, um terapeuta (Robin Williams) ajuda o jovem a confrontar os demônios que impedem seu desenvolvimento. Interpretação que garantiu um Oscar a Williams. O elenco conta ainda com Ben Affleck.

Assista no Netflix

 O SOM DO CORAÇÃO (2007) 
Lyla e Louis passam uma linda noite de amor juntos, mas acabam se separando, e seu filho é criado por um estranho, interpretado por Robin Williams, que faz outro excelente vilão. O filme é simplesmente emocionante, principalmente pela interpretação do jovem Freddie Highmore.

Assista no Netflix

 O HOMEM BICENTENÁRIO (1999) 

A família Martin compra um robô (Robin Williams) para ajudar nas tarefas domésticas, mas ele logo começa a apresentar sentimentos humanos e a expressar sua criatividade. Uma obra de arte que é impossível não chorar no final.

Assista no Netflix

 AMOR ALÉM DA VIDA (1998) 
Chris (Robin Williams) morre em um acidente de carro e vai direto para o céu. Inconsolável, sua esposa comete suicídio e acaba indo parar em um lugar diferente. No elenco, o incrível Cuba Gooding Jr. Impossível não chorar...

Assista no Netflix

 SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS (1999) 
Em 1959, na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".



 UMA BABÁ QUASE PERFEITA (1993) 
Daniel Hillard (Robin Williams) está passando por uma fase complicada, acaba de se separar de Miranda (Sally Field) e perdeu o seu emprego. Impedido pela ex-esposa de passar mais tempo com os filhos, ele tem uma ideia inusitada para recuperar a relação com as crianças. Daniel veste-se como uma senhora idosa escocesa e tenta conseguir o cargo de babá no seu antigo lar.



 BOM-DIA, VIETNÃ (1987) 
Saigon, 1965. Adrian Cronauer (Robin Williams) vai para o sudeste da Ásia para trabalhar como DJ na Rádio Saigon, operada pelo governo americano. Em contraste com os tediosos locutores que o precederam, Cronauer é bem dinâmico e inicia sempre as transmissões com um sonoro e vibrante "Bom-dia, Vietnã!", tocando músicas que não tinham sido aprovadas por seus bitolados superiores. As piadas que conta durante o programa provocam a indignação de Steven Hauk (Bruno Kirby), seu superior imediato, que tenta sabotá-lo. Destaque na trilha sonora para a inesquecível "What A Wonderful World", de Louis Armstrong.



 TEMPO DE DESPERTAR (1990) 
Bronx, 1969. Malcolm Sayer (Robin Williams) é um neurologista que conseguiu emprego em um hospital psiquiátrico. Lá ele encontra vários pacientes que aparentemente estão catatônicos, mas Sayer sente que eles estão só "adormecidos" e que se forem medicados da maneira certa poderão ser despertados. Assim pesquisa bem o assunto e chega à conclusão de que a L-Dopa, uma nova droga que já estava sendo usada para pacientes com o mal de parkinson, deve ser o medicamento ideal para este casos. No entanto, ao levar o assunto para o diretor, ele autoriza que apenas um paciente seja submetido ao tratamento. Imediatamente Sayer escolhe Leonard Lowe (Robert De Niro), que há décadas estava "adormecido". Gradualmente Lowe se recupera e isto encoraja Sayer em administrar L-Dopa nos outros pacientes, sob sua supervisão. Logo os pacientes mostram sinais de melhora e também mostram-se ansiosos em recuperar o tempo perdido. Mas, infelizmente, Lowe começa a apresentar estranhos e perigosos efeitos colaterais.



 PATCH ADAMS - O AMOR É CONTAGIOSO (1998) 
Em 1969, após tentar se suicidar, Hunter Adams (Robin Williams) voluntariamente se interna em um sanatório. Ao ajudar outros internos, descobre que deseja ser médico, para poder ajudar as pessoas. Deste modo, sai da instituição e entra na faculdade de medicina. Seus métodos poucos convencionais causam inicialmente espanto, mas aos poucos vai conquistando todos, com exceção do reitor, que quer arrumar um motivo para expulsá-lo, apesar dele ser o primeiro da turma.


O blogueiro José Marcos Taveira, ou Zemarcos, é jornalista há 30 anos, com especialização em comunicação social. Mora em Araçatuba, cidade do interior de São Paulo (Brasil).
Saiba mais sobre o autor.